quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Mulher que chora por qualquer coisa

"Então Elcana seu marido lhe disse:Ana porque choras?e porque não comes?e porque está mal o teu coração?Não te sou eu melhor do que 10 filhos?


Irmãs,vocês conhecem algum marido que tenha esta autoridade para chegar e dizer para sua esposa: não te sou eu melhor do que dez filhos?
Isto é muito profundo, qual mãe que escolhe entre o marido ou dez filhos?Elcana tinha a firme convicção de que ele era um marido maravilhoso, mas será que era mesmo tão bom assim?Vai ver que Ana para suprir a sua falta de filhos, tentava de todas as formas agradar a este marido, Penina para afrontar a Ana, também fazia tudo a ele, ele estava nas alturas, era o mais disputado, isto bastava para que ele se sentisse como o melhor marido do mundo.Nestas questões os homens não enxergam um palmo além do que é visível.Como que ela tem um marido que muitas queriam,que a tratava como uma rainha, tinha de tudo e mesmo assim não era feliz? Não queria nem comer, só chorava,  porque não tinha filhos, pode alguém ficar sempre triste porque não deu a luz à um filho?  É só isto que Elcana na sua limitação masculina, conseguia enxergar,mas a verdade é que Ana chorava, não era só por este motivo, muitas coisas  a deixavam  infeliz, ela se sentia inferiorizada cada vez que Penina a afrontava, ela não se sentia digna do amor de Elcana,porque ela era estéril,  todas as vezes que iam adorar ao senhor, esta mulher aproveitava a oportunidade para fazer Ana, se entristecer,(na verdade Penina tinha inveja de Ana,porque ela tinha os filhos, mas era Ana que Elcana amava e devotava todo o cuidado), ela fazia Ana se sentir desconfortável, como vingança, e Ana permitia que Penina a afrontasse, era como se Deus não ouvisse as suas orações, porque para a outra dava tantos filhos e a ela nenhum.Irmãs  nós sofremos muito por coisas sem importância, quantas situações de triztezas e sofrimentos poderiam ser resolvidas com uma simples conversa, Elcana não estava seguro quanto ao amor de Ana, a pergunta: não te sou eu melhor do que dez filhos?Demonstra uma grande incerteza no coração dele quanto a aquela esposa que ele amava.Eu tenho um grande defeito de querer que as pessoas adivinhem o que estou pensando ou querendo, e quando eles não conseguem entender os meus desejos e as minhas expectativas eu fico irritada, triste, e eu acredito que isto aconteça com você também, nós criamos expectativas sobre determinadas coisas ou acontecimentos e quando não acontece da forma planejada é como se tivessemos sido derrotadas pelas circunstâncias, o  aniversário de casamento é daqui há alguns meses, e você planeja um acontecimento especial, aí chega o dia o marido esquece, você não fez a comemoração como queria e você fica triste,com raiva do marido e de todo mundo, tá certo isto?
Irmã deixa para se aborrecer e chorar por coisas que realmente valham a pena, eu por exemplo, ia odiar que ninguém lembrasse do meu aniversário, eu adoro comemorar, então, eu já deixo uma festinha sempre engatilhada, faço bolo, preparo alguma comida, mesmo que eu não convide,  todo os meus amigos já sabem que não precisa nem avisar é só chegar que alguma coisa sempre tem,é uma delícia!Aprenda a não consumir o seu coração criando expectativas sobre as pessoas que elas nem sequer sabem, Ana achava que ter um filho era a única coisa que importava para o marido, e não era verdade.Não seja tão fechada, fale sobre os seus sentimentos, demonstre para os que estão mais perto sobre estes sentimentos, você pode estar se consumindo á toa, não deixe ninguém sem saber o que você espera delas, seja sábia, demonstre o que está sentindo,só Deus pode saber o que você sente,sem precisar falar nada,os outros, são simples mortais com limitações e defeitos iguaizinhos aos seus, não esquece disto!Bom dia!!!

Déa Corrêa

Nenhum comentário: