quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Aquele que quer para si, a glória de Deus!

"Todavia, sua fama se espalhava cada vez mais, e grandes multidões se ajuntavam para o ouvirem  e serem curadas de suas doenças.Mas ele se retirava para lugares solitários, e orava."Lucas 5:15

O que fazer para não deixar o poder de Deus subir a nossa cabeça?
O cristão tem vivido dias de deslumbramento com o que Deus pode fazer através da fé, basta crer, para viver grandes milagres, ele tem curado, tem prosperado, tem abençoado de todas as formas o seu povo.Mas nós estamos usando o seu poder de forma equivocada, até  rotulamos algumas pessoas como mais poderosas que outras, a oração de um cura mais, a revelação do outro é mais confiável, aquele louva melhor.O que está acontecendo conosco?
Estamos achando que o poder de Deus é nosso, que podemos fazer milagres, que somos imbatíveis, que através da nossa oração, podemos fazer tudo e receber as glórias.
Irmãos, se você é crente, conhece a palavra, aprenda com esta passagem:Mas ele se retirava para lugares solitários e orava.
Jesus não recebeu glórias pelo poder que era do seu pai, quando chegava a hora de receber os elogios, os cumprimentos, ele se afastava.Enganoso é o coração do homem,  começamos a ficar soberbos, arrogantes, quando reconhecemos que há algum talento ou dom em nós.As pessoas nos bajulam, elogiam e  começamos a esquecer o poder de Deus e temos a convicção de que somos o autor e o consumador de todas as coisas, se o louvor é bom é  porque eu sei cantar, se a palavra alcançou o seu objetivo é porque  sei pregar,  se a enfermidade foi embora é  porque eu tenho o dom de curar, e por aí vai.
Irmãos, você não pode fazer nada,  não tem poder nenhum, nunca esqueça de que  é Deus que detém o poder e a ele seja dada toda honra, toda glória e todo louvor, você não passa de um instrumento usado por Deus para abençoar o seu povo, assim como uns usam o bisturi, outros as mãos, outros a mente, outros uma faca, outros a serra e conseguem fazer coisas grandiosas, dignas de receber elogios pelos seus talentos, mas você, o que pode fazer sem o poder de Deus?Você se acha no direito de receber reconhecimento por algo que você sozinho não tem capacidade para executar?
Nós somos falhos, queremos ser reconhecidos, e quando louvamos dizendo assim:Eu não preciso ser reconhecido por ninguém...É mentira, nós queremos ser reconhecidos sim, queremos ser bajulados, queremos que as pessoas elogiem as pregações, as músicas entoadas, os textos escritos, nos esforçamos não com o objetivo de alcançar vidas, mas de mostrar o nosso talento.
Vou deixar aqui uma lição para você que se sente assim:Quando a glória e o poder de Deus começar  subir a sua cabeça, quando você sentir que não está mais precisando do poder de Deus, que você já é auto suficiente, se afaste um pouco daqueles bajuladores e desça a casa do oleiro, o seu vaso está precisando ser quebrado para que seja feito um vaso novo, e se ele começar a se encher de um azeite que não é de Deus, volta lá de novo e quebre novamente o vaso.Deixe que Deus faça a obra completa e receba todo o reconhecimento que lhe é devido.Á Ele toda honra, toda glória e todo louvor....Amém!

Nenhum comentário: