segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Convivendo com pessoas de duas caras, como faces de uma moeda, ora de um jeito, ora de outro


"Porque não há retidão na boca deles:as suas entranhas são verdadeiras maldades, a sua garganta é um sepulcro aberto; lisonjeiam com a sua língua"Salmos 5:9
Olhando para estas pequenas flores de modo superficial, elas nos parecem muito frágeis e delicadas,  mas se você olhar bem de perto e tentar tocá-las vai ver que por trás desta aparência inofensiva, existem muitos espinhos que penetram na pele, causando grande dor.
Assim são as pessoas que convivem conosco e achamos que são uma coisa e na verdade são outra.São como as faces de uma mesma moeda, tem duas caras.
Caminhamos anos e anos lado a lado sem perceber quem são, porque atrás da aparência bondosa, de santidade, se escondem verdadeiros demônios.
E estas amizades sempre acabam com muito sofrimento para os que foram enganados, aqui vai algumas dicas para que  não caia nestas armadilhas, ou pelo menos tome mais cuidado:
1)Fuja de pessoas sem personalidade, que querem agradar a qualquer custo, que falam amém a tudo que você faz, nem Jesus conseguiu agradar a todos.
2)Cuidado com quem você leva para dentro da sua casa, o seu lar é o seu santuário e da sua família, precisa ser preservado.
3)Mantenha distância de pessoas que gostam de falar da vida dos outros, você pode ser a próxima vítima.
4)A igreja está cheia de agentes secretos que  vivem buscando novos assuntos para comentar, e buscam dentro da sua casa e da sua família, algumas vezes até inventam.Por estar na igreja, não pense que está imune a estas investidas do inimigo.
5)Reconheça como seu amigo aquele que te corrige e chama sua atenção quando está errado, não aquele que te faz lisonjas e sorri quando erra, ele acha o máximo quando você quebra a cara.
6) Amigo não é o que está sempre ao seu lado, mas aquele que mesmo distante seria incapaz de prejudicar você deliberadamente.
Precisamos pedir ao senhor discernimento para reconhecer alguns lobos em pele de cordeiro, e o pior estrago é a decepção, quando é necessário admitir que esta pessoa não era seu amigo.
As portas da  minha casa sempre estiveram  abertas para muitas pessoas que não eram quem eu achava, eram só bajuladores atrás de fofocas, e quando você se dá conta, o estrago nos seus sentimentos já foi feito.
Algumas pessoas  até gostam de serem bajuladas,  precisam tomar mais cuidado,vivem cercadas de pessoas falsas que estão sempre presentes na suas vidas para agradar, fazer o possível e impossível para que  se sinta bem, como se fosse um rei, atrás de uma aparência de humildade, atende todos os seus anseios, cerca você de uma forma tão intensa que não consegue enxergar os defeitos destas pessoas, eles tem uma característica única, querem sempre agradar, faz você se sentir o máximo.Só que tem um porém, estas pessoas esperam que você retribua da mesma forma esta atenção toda e quando você não consegue suprir as suas necessidades de atenção, eles se viram contra você como se fosse um inimigo a ser combatido.E aí quando as máscaras caem não há mais nada a fazer a não ser lamentar o tempo perdido com esta pessoa.
A igreja é o lugar em que deveríamos estar protegidos de toda maldade do mundo, mas é no convívio diário que percebemos que alguns tem se deixado usar como ferramentas do próprio diabo para destruir a comunhão dentro do santuário de Deus, por isso a palavra nos ensina:Orai e vigiai, fique de olhos e ouvidos atentos.
Tomara que você nunca tenha o desprazer de conviver com pessoas assim. Boa semana!!!!!!!
  

Nenhum comentário: