sábado, 11 de fevereiro de 2012

Filhos:Qual o limite para dar e comprar sem culpa?


"Se vós que sois maus, sabeis dar boas coisas a vossos filhos, quanto mais o Pai celestial dará  o espírito santo àqueles que o pedirem?"Lucas 11:13
 A grande batalha a ser vencida na educação dos nossos filhos é saber conjugar o verbo DAR dentro dos limites do tolerável.
Fica cada vez mais difícil saber até onde podemos chegar.
Deus conhece profundamente cada um dos seus filhos e sabe das suas limitações,com isto consegue administrar o que dá para fazer por cada um , uns podem receber muito e outros não podem ter nada.Mas e nós como saber até onde podemos ir?
O primeiro passo é fácil aprender com Jesus, segue o conselho:
1)Conheça profundamente o seu filho, é importante saber com quem está lidando, sem ser enganado.
Cada ser humano tem uma personalidade diferente, às vezes sincera, em outras dissimulada, e não é diferente com  eles.Alguns  mentem e enganam  os pais, é preciso ficar de olhos abertos.
A palavra nos diz que onde estiver o nosso coração ali estará o nosso tesouro.Podemos agir com esta mesma medida na hora de educá-los.Alguns filhos podem receber tudo e isto não influencia o seu comportamento.Com outros é preciso ter cautela, parecem um saco sem fundo, quanto mais você dá, mais eles querem.
Vivemos numa sociedade em que o consumo exagerado é incentivado através  de todos os meios de comunicação a todo momento, parece bombardear a mente dos nossos filhos e criam consumidores compulsivos.Nosso dever como guardiões destas vidas é brecar este consumo desenfreado.Não podemos fazer sacrifícios desnecessários para atender os desejos destes que se deixam influenciar por este consumismo.É correto ter limites, é correto dizer não às vezes, apenas para disciplinar.Ele não vai morrer se não tiver o celular da moda, o video game mais moderno ou o último lançamento da Nike.Desde cedo é preciso aprender que não podemos comprar todas as coisas, é preciso  valorizar cada compra, e saber que algumas não são descartáveis, são bens duráveis, é preciso cuidar para que não se estrague.Por outro lado também tem pais que compram brinquedos e equipamentos caros e querem que os filhos os deixem guardado para não estragar.Se for para deixar só para olhar é melhor deixar na loja nem trazer pra casa, sai mais barato!
Em tudo que fazemos deve haver um equilíbrio, um controle, para que não extrapolemos os limites, nem dando demais e nem de menos.Ser um pai  ou uma mãe avarentos, também traz grandes complicações na vida dos filhos.O importante é que você seja guiado pelo espírito na hora da compra.Seja sábio!

Nenhum comentário: