sábado, 12 de outubro de 2013

A fonte da insatisfação eterna

"Desconhecem o caminho da paz, nem há justiça nos seus passos; fizeram para si veredas tortuosas; quem anda por elas não conhece a paz. Isaías 59:8".
Algumas pessoas traçam para si algumas metas, alguns objetivos, e não medem esforços para ir em busca destes.
O que me deixa preocupada é que muitos estão em busca disto com tanto afinco, com tanta garra que estão esquecendo a vida hoje.
 Vejo algumas mulheres e homens fazendo loucuras para estarem magros, com o corpo perfeito, estão fazendo isto de maneira errada, querem sem sacrifícios alcançar este objetivo. Vejo pessoas em busca do relacionamento perfeito, do homem e da mulher que são registradas nas capas de revistas, nas novelas, sem defeitos. Vejo também alguns, em uma necessidade desenfreada de ficar ricos.Querem ter a qualquer preço um padrão de riquezas que algumas pessoas tem, que foram acumuladas sabê-se lá como, com certeza não foi com trabalho.
Que planeta estamos vivendo?O planeta ilusão?Queremos passar a vida enganados?
O tempo é implacável, a vida passa, a velhice em algum momento vai fazer parte da sua vida, não é só o corpo que envelhece, a cabeça também, por mais que nos esforcemos para estar antenados, a nossa fala, as nossas atitudes nos denunciam, estamos ficando mais velhos.Só o corpo sarado não vai resolver.
Relacionamentos são problemáticos, a gente divide a vida com pessoas completamente estranhas, com outros valores, com costumes diferentes, com objetivos completamente distorcidos, homens e mulheres que querem ser adolescentes a vida inteira.
Valorizar aquilo que temos é um bom começo.
Se você não nasceu  muito rico, não tem talento para a corrupção, esquece esta loucura de ir em busca do ouro perdido. Há vida sem corpo perfeito. É possível viver um relacionamento feliz, sem ficar trocando de parceiros. Em maior ou menor intensidade todos são iguais. Para ser feliz só precisamos de algumas coisas e elas não podem ser compradas com dinheiro.
A gente vai ficando tão frustrado quando não atinge estes objetivos, estas metas traçadas, que parece que a vida não tem graça, que você será um eterno infeliz. É bom ter dinheiro, é bom ser bonito, ter o marido dos sonhos, mas tudo isto só será importante se não for o objetivo maior da sua vida. Existe um inimigo chamado tempo,  rondando você e ele é tão sutil que nem o percebemos e quando menos esperamos ele mostra a sua cara. A vida vem em segundos...minutos...horas...dias.... meses...anos, sucessivamente e vai, de uma vez só, nem sei que medida o tempo usa para ir, só sei que passa muito rápido. E se você bobear, vai cair no  esquecimento. Tem vida vindo atrás de você, e não espera. O seu tempo é hoje, é agora, amanhã quem sabe onde estaremos. Viva hoje intensamente, com aquilo que tem. A sua juventude é o seu tesouro maior, é o tempo em que a vida tem uma dose extra de alegria e energia, não gasta esta alegria e esta energia só na academia, só fazendo dieta, só trocando de relacionamentos, só correndo atrás de dinheiro, tem coisas que são muuuuuuuuiiiiiiittttttoooooo mais importantes. A vida é como uma criança feliz, e viver é não deixar morrer esta criança dentro de você.

Déa Corrêa

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Eu dependo de Deus

"Ainda antes que houvesse dia; eu era, e nenhum há que possa livrar alguém das minhas mãos; agindo eu, que o impedirá? Isaías 43:13"


















Soa meio piegas nos dias atuais alguém se dizer dependente de algo ou de alguém, dá a impressão de que não é muito capaz, como se esta dependência tornasse você um pouco fraco.Para quem não ouviu falar: piegas quer dizer um apelo excessivo à comoção, que utilizamos de forma depreciativa para se referir a alguém que dá importância a coisas insignificantes
Vejo muitas pessoas que se declaram dependentes de drogas, de comida, de remédios para dormir, de comprar, de sexo, do álcool e não se envergonham por isso.
 A verdade é que o ser humano é dependente por natureza, precisa de outros para sua sobrevivência. Dizem alguns que seriam capazes de viver sozinhos, que não acreditam em Deus, mas, confesso sem receios em declarar que Eu sou totalmente dependente de viver em família, de crer que existe um Deus que cuida de mim, que nos momentos mais difíceis, não estarei sozinha, preciso disso. Não consigo nem pensar em viver sem a minha família, sem os meus amigos, sem o meu Deus, é isto que me sustenta, é isto que me põe de pé todas as manhãs. Você que nunca usufruiu desta dependência devia experimentar; é bom falar com Deus, é bom ter família, é bom ter amigos, mas, se faltar alguma destas você não será completamente preenchido nas suas necessidades.Fica faltando alguma coisa, e você vai buscando em tantos lugares preencher este vazio, troca de namorado, troca de emprego, troca de marido ou de esposa, sai em busca de religiões e não consegue se sentir completamente feliz. 
Vou te dar um conselho:  Ser dependente de algo que não prejudica o seu organismo é bom.Ser dependente de Deus é melhor ainda.