sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Como barro nas mãos do oleiro

"Eis que,  como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na minha mão, ó casa de Israel. Jeremias 18:6b"
Como o barro nas mãos do oleiro, que precisa ser amassado, queimado, moldado, para se transformar, assim somos nós na vida. Precisamos de sofrimento, dor, para sermos transformados em algo melhor.
 Relação estranha: sofrimento e transformação. Mas será que esta transformação é sempre para melhor? Infelizmente não. Penso que alguns para aprender passam na fila algumas vezes. Fazem sempre as mesmas coisas, erradas. E sofrem. E fazem de novo. E sofrem de novo.
Você consegue perceber que as coisas que nos trazem sofrimento são quase sempre as mesmas? E agimos errado todas as vezes que estas situações acontecem? Tem pessoas que estão sempre com problemas financeiros. Gastam mais do que podem. Tem gente que vive em conflitos (familiares, no casamento, no trabalho). Não conseguem administrar os relacionamentos. Outros vivem enfermos, estão sempre doentes. Há ainda os que são infelizes no amor. Não conseguem manter um relacionamento.
Você deve estar perguntando: Ela realmente acha que o que estou passando, é por minha culpa?
Não quero falar de culpa, nem de julgamentos. Mas muitos dos nossos sofrimentos, poderiam ser evitados, se, a cada dia estes problemas fossem resolvidos da forma correta. Tornar a casa do oleiro, significa ser quebrado, moído, transformado, amassado, para ser moldado e transformado em vaso de novo. Cada vez que voltamos a dor é mais intensa. O sofrimento é transformador, mas continuar este ciclo sem aprender nada é burrice.
Até na morte, a vida se renova. Nada substitui aquele que partiu, mas Deus aos poucos vai sarando as feridas, colocando as coisas no lugar, e aquela dor tão intensa, com o tempo, vai sendo sarada. É a vida seguindo o seu curso. Nascemos. Vivemos. Morremos...
Aprender com as nossas dores significa repensar a nossa vida, mudar o que precisa mudar, não se acovardar diante das decisões, não empurrar os problemas com a barriga.
Deus de um jeito ou de outro vai  nos ensinar a viver. Bom seria se a gente aprendesse sem precisar ir à casa do oleiro.....  

Nenhum comentário: