sábado, 3 de setembro de 2016

Delírios

Quero parar o relógio e começar a marcar o tempo conforme a minha lista de prioridades. Daqui pra frente vou gastar mais tempo fazendo coisas divertidas. Ninguém merece gastar horas em transporte de um lugar para outro, vou aprender a voar. O tempo para os estudos tem que ser diminuído um chip com tudo que eu preciso aprender pode resolver o problema. Trabalhos domésticos podem ser abolidos, não quero reservar nada de horas para eles no meu relógio, Quem disse que eu tenho que lavar, passar, cozinhar e cozinhar e lavar e passar e secar, Não quero fazer nada disso. De hoje em diante vou ver as horas passar olhando o mar e quando enjoar eu mudo de lugar e vou ouvir os pássaros cantar sem lembrar que tenho que carregar o celular. Vou sentar na pedra e deixar o tempo passar até o sol esquentar e o mar se acalmar e a onda voltar enquanto o caranguejo se esconde no mangue e o flamingo procura o caranguejo pra se avermelhar. O tempo que marca no relógio reserva hora de menos pra gente se alegrar. Quero tempo pra rir da areia do mar que voa solta na praia sem lugar pra parar. Molhar o pé na água fria e correr pra esquentar, Olhar o passarinho que volta para o filhote alimentar. Olhar as tartaruguinhas que saem da casca em busca do mar. Quero rever os amigos em volta da fogueira jogando conversa fora uma noite inteira. Celebrar o pôr do sol cantando "Seráaa, só imaginação, será que nada vai acontecer, será que tudo isso é em vão, será que vamos conseguir vencer...". Vamos jogar o relógio fora e contar o tempo que sobra pra ser feliz!!!!!