terça-feira, 20 de junho de 2017

Onda vai e vem

Onda vai. Onda vem. Quem controla esse vai e vem? A ilusão sobre ter o controle de tudo que acontece, pertence apenas àqueles desavisados. Não importa o que faça, ainda que o faça de forma controlada e planejada, algumas coisas sempre fogem ao nosso controle. Parece que escapam por entre os dedos, como minúsculos grãos de areia. A cada dia, uma somatória de acontecimentos, nos provam que não temos controle absoluto sobre nada. A vida é como uma onda que vai e vem. Encontra alguns pelo caminho, joga outros para fora do mar e arrasta para si alguns que quer afogar. A onda não é má. O mar não é traiçoeiro. Segue apenas o curso da vida, sem questionar, quem é que fica na areia e quem leva para o mar?  Onda que insiste em ir e voltar, fica parada. Acalma o movimento. Para e espera a areia secar. Não precisa tanta pressa. Ir de lá para cá. O tempo tem o controle sobre a água do mar. Talvez vire uma lagoa grande, que o sol vai iluminar. Não precisa ir e voltar para a água balançar. Aquilo que não podemos mudar, tem um tempo para esperar. As ondas qualquer dia, assumem o seu lugar e voltam a balançar as águas do mar. Avisa os desavisados que a água não vai derramar. Pode ser que escape um pouco, mas logo torna a voltar. A onda e o tempo sabem até onde a água pode chegar. Onda que vai e vem, espera o tempo passar.

A estrada

A estrada nem sempre mostra a direção certa,  Preciso de luz para enxergar. Ás vezes, a gente erra o caminho. Influenciados por algumas  situações, caminhamos na direção contrária. Ando pela fé, um passo de cada vez, tendo a certeza de que, qualquer que seja a direção, Deus guiará os meus passos em direção à luz. A escuridão esconde a estrada. a luz mostra o caminho. Luz e escuridão não caminham juntas. Tendem a se separar. Sempre há uma escolha. Sempre há uma decisão, sobre a direção certa a seguir. Se Deus guiar os seus passos, chegará em segurança. Na escuridão, o caminho é solitário.Vem, caminho com você, te faço companhia. Está vendo o fim da estrada? Juntos podemos chegar. A luz, sozinha, não tem brilho.  Juntos, a escuridão, desaparece. Vira luz e certeza, de que o caminho, por mais difícil que seja, nos levará na direção certa, Eu e você, caminhando lado a lado, um ajudando o outro. Guiados por Deus. Vamos chegar. A estrada em algum momento vai acabar. Luz ou escuridão. Sozinho ou do meu lado. Você é quem decide, como vai chegar. Tem alguém nos esperando no fim da estrada. Estamos aqui de passagem. O trem vai chegar para nos buscar. Vem comigo, meu amigo, não quero te deixar. Entra e senta, me faz companhia, tenho tantas histórias para contar. .

.