quarta-feira, 12 de maio de 2010

Mulher que murmura

"Não temais, aquietai-vos e vede o livramento do senhor que, hoje vos fará: porque os egipcios, que hoje vedes, nunca mais os tornarei a ver.O senhor pelejará por vós, e vós vos calareis."

Dizem por aí que nós mulheres falamos demais, acho que é intriga, isso não é verdade, pelo menos na nossa vida de igreja temos aprendido a falar menos e ouvir mais, não é verdade?
Irmãs a nossa boca tem um poder muito grande, ela pode ser usada de muitas formas, para profetizar coisas boas sobre a sua vida e do seu irmão, a palavra branda acalma o coração aflito, ela pode ser usada para ter intimidade com Deus em oração, pode trazer alegria a vida de muitas pessoas, palavras de amor para o seu esposo, para os seus filhos, para sua parentela, Deus tem esperado isso de você, enquanto você usa a sua boca da forma desejada por Deus, ele peleja por você, ele entra na batalha e a vitória é certa, ele nunca perde, como você tem se comportado?Tem conseguido se controlar, a mulher sábia edifica sua casa e manter a boca fechada na hora certa é um sinal claro de que você é esta mulher, não fica murmurando, reclamando, implicando com o seu esposo, com os seus filhos, eu confesso que eu sou um pouco impaciente, faço um monte de coisas ao mesmo tempo, eu quero as coisas na minha hora e muitas vezes acabo exigindo esta agilidade dos meus filhos, dos meus amigos, do meu esposo, e eu vejo que isto entristece ás vezes as pessoas, nínguem é igual, somos todos diferentes no modo de agir, respeite isto, não fique criticando,  Deus nos conhece e sabe de todas as nossas limitações, seja esta mulher que sabe ficar calada quando necessário.O senhor vai vencer esta batalha por você, não murmure.Fique calada que o senhor vai te dar estratégia para esta guerra.Bom dia!!!

Déa
  

2 comentários:

Talita disse...

Olá Deia!!

Estou gostando muito do seu blog, sempre entro e leio !! Vc deixa mensagens que realmente nos faz refletir!!
Beijinhos
Talita

Déa Correa disse...

Obrigada pela visita o intuito é fazer refletir sobre as nossas atitudes do dia a dia.
Um beijo,

Déa