segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Deus, onde estás?

"Porque tu estas afastado,Senhor?Tu te escondes em tempos de angústia?Salmos 10:1
Por que é tão difícil confiar que Deus não nos abandona, em meio as tribulações?
Quando parece que a água já chegou  no limite ,achamos que desta vez Ele não vai fazer nada.Parece que vai nos deixar naufragar.
 A dificuldade de confiar em Deus, até o último minuto caracteriza a nossa falta de confiança naquele que tem o poder para fazer tudo.
É muito complicado fazer um coração angustiado, aflito, manter a calma.Parece que fomos abandonado, que Deus se esqueceu de nós.
Todos nós passamos por estes momentos, em alguma parte da nossa vida, essa sensação de abandono, de que não somos mais a menina dos olhos de Deus, porque é assim que nos sentimos quando tudo está desmoronando:Deus não gosta mais de mim!Ele me abandonou!
Queridos, não somos bonzinhos, nem merecedores da misericórdia de Deus, tudo que somos, tudo que temos, tudo que fazemos, é porque o senhor permite, sem Ele, sem a sua graça, somos pobres, nus e desgraçados(destituídos da graça de Deus).
Ontem no culto o pastor Bruno trouxe uma pregação que dizia
que o cristão precisa estar preparado para lidar com problemas, porque todas as nossas bençãos vem acompanhadas por problemas:esposa, tem problema;filhos(tem problemas);igreja(tem um monte de problemas)carro(tem problemas);trabalho(tem problemas).Esta é uma verdade incontestável, vivemos cercados de problemas.Mas não é por isso que Deus parece que te esqueceu, você continua sendo o seu filho amado, mesmo quando está atolado num mar de problemas, mesmo quando as suas forças parecem pequenas para continuar nadando, mesmo quando o fogo começa a chamuscar o seu corpo, mesmo quando você pensa em desistir, Ele é contigo, nunca te deixa só.Lembre-se de que se fosse por merecimento que as bençãos chegassem até nós estaríamos perdidos.Mantenha a calma, uma hora esta tempestade vai passar e quando passar você vai se sentir amado de novo.Vai ver que o pai não te abandonou, estava apenas esperando o momento certo para agir.

Nenhum comentário: