quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Tem cristãos clamando por vingança


"O senhor prova o justo, porém ao ímpio e ao que ama a violência odeia a sua alma."Salmos 11:5
 A violência tem sido introduzida na nossa vida cotidiana de uma forma tão intensa que até o povo cristão, que aprendeu com Jesus o valor do perdão, do amor, nestes últimos tempos tem clamado por vingança.
Estamos vivendo dias muito difíceis, em que o nosso coração já não está aguentando tanta maldade, todos os dias tem uma história mais maquiavélica do que a outra, quando pensamos que o mal já chegou no seu limite, ele nos surpreende a cada dia.
Irmãos quando saímos as ruas clamando por justiça contra alguém que matou, que estuprou, que sequestrou, com ódio no coração, nós nos igualamos aqueles criminosos.Que justiça pode o homem fazer contra alguém que tirou uma vida, pode o homem restituí-la?
O fato de a justiça encarcerar alguém dentro de uma cela por 20/30/40 anos vai aplacar a dor pelo sofrimento desta pessoa?Não.
Nada que for feito contra estes criminosos será suficiente para se fazer justiça.Na verdade o que queremos é fazer vingança com as nossas próprias mãos, como era feito no princípio, olho por olho, dente por dente.
Irmãos, os que acreditam no evangelho de Cristo, os que se dizem cristãos, precisam ficar atentos com estes sentimentos, neste salmo Davi nos alerta de que o senhor prova o justo, porém ao que ama a violência odeia a sua alma.Você que tem esta sede de vingança contra estes criminosos, precisa tomar cuidado para que Deus não odeie a sua alma e os iguale a estes.
Não podemos nos unir as vozes que clamam por vingança, o nosso objetivo é orar para que eles venham a se arrepender e se tornem homens de bem, convertidos e salvos das mãos do diabo.
O mal tem alcançado muitas vidas, mas o amor é um bálsamo que pode sarar as feridas e restaurar os corações que neste momento sofrem por causa da violência, é preciso esquecer a vingança, conseguir perdoar, para poder seguir em frente, continuar caminhando na direção certa.Nesta semana em Santo André-SP, estamos vendo o julgamento do Lindenberg sobre a  morte da jovem Eloá, quanta tristeza para as famílias reviverem tudo isto de novo, será que a condenação daquele homem vai trazer o alívio esperado para aquela mãe?Será que depois da condenação vai esquecer o sofrimento pela perda da filha?Eu posso garantir a vocês que nada vai aplacar este sofrimento.Então o que podemos afirmar com certeza é que somente Deus pode fazer uma justiça verdadeira e é nas mãos dele que devemos entregar todas estas vidas.Esperando que cada um possa se arrepender a cada manhã pelos seus atos e pelos seus sentimentos.Jesus espera isto de nós!


Déa    

Nenhum comentário: