quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Ciranda das flores...É primavera...


Caminho, escolhendo onde pisar. Tomando muito cuidado,  para não amassar as flores que embelezam a minha estrada. Algumas estão meio envelhecidas, outras precisam de cuidados especias, e outras ainda, estão quase desaparecidas, sobrou apenas as lembranças...Não é importante o tempo, só importa a qualidade dos momentos que passamos juntos, são eles que ficarão na memória para a eternidade.A gente não tem certeza se eles serão repetidos. Por mais incrível que pareça algumas flores das nossas vidas tendem a desaparecer depois de alguns encontros, acabam murchando, somente as mais fortes sobrevivem ou as que conseguem se adaptar,  achar um espaço para ficar, portanto, durante a caminhada não se esqueça de nenhuma flor, dedique o seu cuidado a todas de igual forma, não se sabe quais irão permanecer, é possível que algumas nessa transição acabem morrendo. O adubo não foi forte o suficiente. Não fica triste, a vida é cheia de surpresas, quem sabe durante a ciranda da vida, os seus caminhos se cruzem de novo e essas flores voltem a embelezar a sua estrada...O engraçado é que tem flores que resistem a tudo, chuva, sol, ventania, terremoto, tempestades, outras são mais delicadas  qualquer coisinha acaba  deteriorando, ficam estragadas, morrem, desaparecem, são extintas.
Meu conselho: pisa devagarinho para não amassar as que ficaram pelo caminho, vão proteger o solo e servir de adubo para as novas floradas. É chegada a primavera...........

Nenhum comentário: